Espaço Brasil & Acessibilidades

19 Mar

Localizado no interior da LX Factory (Alcântara), o Espaço Brasil foi inaugurado no passado dia 16 de Novembro de 2012 no âmbito da comemoração do ano do brasil em Portugal, e estará em funcionamento até dia 10 de Junho de 2013.

O espaço oferece ao público um programa cultural muito diversificado, desde concertos, exposições, palestras, workshops, gastronomia, etc., em representação  do que de mais actual e inovador existe no Brasil ao nível das artes e da cultura.

O espaço funciona de quinta a domingo, entre as 14h-20h (entrada gratuita) e, a partir das 21h (entrada paga para poder assistir aos espectáculos).

Este espaço singular foi descoberta na semana passada um pouco por acaso por dois dos autores deste blogue, a F. e o H. (que tem mobilidade reduzida e se desloca em cadeira-de-rodas) e que relatam em seguida esta sua vivência no âmbito das (in)acessibilidades.

Lamentamos profundamente a inexistência de imagens que comprovem os nossos relatos, uma vez que não nos fizémos acompanhar da nossa fiel máquina fotográfica… As imagens apresentadas em slideshow foram todas retiradas da internet com excepção do “ticket de bebidas”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

No passado dia 14 de Março, deslocámo-nos por volta das 21h para o Espaço Brasil (EB) na Lx Factory (Lx. F.) no carro do H., com este ao volante, tendo no horizonte o usufruto de um concerto de uma cantora brasileira nossa desconhecida, cujos bilhetes nos haviam sido oferecidos pela Rádio Renascença.

Chegámos à Lx . F. em plena noite cerrada a partir das indicações do Google, e ficámos um pouco desorientados ao tentar descobrir a localização do EB, porque nunca havíamos visitado o espaço e este é um pouco labiríntico, mas principalmente porque não há indicações gráficas contínuas e visíveis a indicar o caminho a percorrer desde o portão de entrada na Lx. F. até chegar ao EB, com a agravante de que a visibilidade nocturna é mais reduzida.

No percurso até chegar ao EB (localização indicada por um rapaz a frequentar outro espaço da Lx. F.), bem como no espaço envolvente ao EB e no seu interior, reparámos logo na NÃO existência de estacionamentos específicos para pessoas com mobilidade reduzida ou condicionada (devidamente assinalados com o símbolo universal de acessibilidade). No entanto, e por sorte ou porque “a casa não estava cheia”, conseguimos estacionar mesmo à porta, com a ajuda prestável dos seguranças. É importante assinalar que tínhamos telefonado antecipadamente para o EB a perguntar se haveria estacionamento adaptado. Informaram-nos de que não existia, mas pediram-nos a matrícula do carro e garantiram-nos que teríamos um lugar reservado no interior do EB, bastando indicar a nossa matrícula aos seguranças do espaço, que já estariam informados desta autorização. Contudo, quando nos dirigimos aos seguranças para estacionar, percebemos que esta comunicação não havia sido efectivada uma vez que estes não estavam ao corrente da situação… assim, estacionamos no exterior “como se nada tivesse acontecido”.

Antes de entrarmos para o concerto fomos levantar os nossos bilhetes ao balção de atendimento localizado num “barracão” fora do EB, outra barreira evitável, um balcão alto, antecedido de uns altos degraus – óptimos para atender as pessoas de baixa estatura, sem problemas de mobilidade, mas péssimos e completamente inacessíveis para uma pessoa com mobilidade reduzida, nomeadamente aqueles em cadeiras-de-rodas. Simultaneamente com a entrega dos bilhetes, foram-nos dados dois tickets para comprarmos bebidas com a promoção ”na compra de uma imperial oferta da segunda”…”no bar do 1ºpiso” (uma promoção que vinha mesmo a calhar se a sede apertasse) – no entanto, especialistas como somos em matéria de acessibilidades, ficámos logo desconfiados e a matutar se o dito bar ser-nos-ia ou não acessível…

À entrada para o dito espaço deparámo-nos com a mais comum e disparatada das entradas nos espaços públicos e/ou culturais de lisboa, dois degraus bem altos (aproximadamente 12 cm cada). Mais uma “chapada” na noite fria! Novamente nos desenvencilhámos com a simpática e eficaz ajuda oferecida por um dos seguranças (homem bem constituído, espadaúdo, como se quer e precisa para o efeito!), que eficazmente deu o apoio necessário ao H. para entrar no edifício, poupando as costas doridas da F.

Entrámos e ficámos logo agradados com o bonito espaço que a nossa vista presenciava, no entanto, o sorriso logo desapareceu quando reparamos na enorme escadaria metálica de dois lanços de escadas que dava acesso ao tal bar dos “tickets” no 1º andar…sem a alternativa por demais óbvia do elevador, ou a plataforma elevatória (alternativa menos óbvia). Os já referidos seguranças sempre muito afáveis e disponíveis ainda nos garantiram as suas forças para transportar o H. na sua cadeira até ao piso superior, contudo, quisemos poupá-los a esta tarefa disparatadamente hercúlea e desnecessária… agradecemos ainda assim a oferta generosa!

Não nos esquecemos também de referir a fraca qualidade das cadeiras à- moda-dos-antigos-estádios-de-futebol, duras e sem apoio para as costas, e que para cerca de uma hora e meia de duração do espectáculo se tornaram muito desconfortáveis.

Ainda assim, depois de ultrapassarmos a ferro-e-fogo todas estas adversidades vergonhosas, advindas da falta de acessibilidades presentes neste edifício público/cultural, assistimos tranquilamente e bem-dispostos a um concerto de pontuação máxima e que em nada nos desiludiu; ao contrário das contantes e evitáveis barreiras arquitectónicas encontradas no espaço da Lx. F. e EB, que acabou por ser por nós classificado com a mínima pontuação no que às acessibilidades diz respeito ou, por outras palavras, como lamentavelmente “inacessível”.

Se pretender obter informações mais detalhadas sobre a Lx Factory ou o Espaço Brasil consulte os seguintes contactos:  

Sites

http://www.lxfactory.com/PT/welcome/ (Lx Factory)

http://www.anobrasilportugal.com.br (Espaço Brasil)

Morada

LX Factory – Rua Rodrigues de Faria, 103 – Armazém L, Lisboa (Espaço Brasil, dentro da Lx Factory)

E-mails

contato@anobrasilportugal.com.br (Espaço Brasil)

lxfactory@mainside.pt (Lx Factory)

Tlf.

 213 143 399 (Lx Factory)

 

Anúncios

Uma resposta to “Espaço Brasil & Acessibilidades”

  1. Madalena Brandão 5 MarçoUTC000 às 141130 #

    Sei bem o sentimento de frustração que devem ter sentido…é descriminação pura e dura…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: