Acessibilidades da Cidade do Rock

11 Jun

Imagem1

Este ano o Parque da Bela Vista em Lisboa foi palco da 6ª edição do Rock in Rio, coincidente com o 10º aniversário deste grande evento de música e entretenimento do mundo, nos dias 25, 29, 30 e 31 de Maio e 1 de Junho.

A causa das Acessibilidades foi o projeto social selecionado e a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) a instituição escolhida pela organização, para facilitar a todos o acesso ao festival. A  SCML convidou a Associação Salvador a estar presente com um grupo de 100 pessoas com mobilidade reduzida.

Dentro deste contexto, duas das responsáveis do Lisboa (In)Acessível com mobilidade reduzida  foram ao festival de música de grande dimensão, no dia de 30 de Maio.

IMG_0900

Foi uma experiência única, com muito público, e que esperam, repetível – em que música e diversão se fundiram como nunca antes tinham visto.

Da observação e passeio pela cidade do Rock verificaram o seguinte em relação às condições de acessibilidade:

1. Estacionamento reservado

– Existência de estacionamento reservado para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida (com dístico), mesmo em frente à entrada principal;

– Os acompanhantes das pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, cujo veículo não possuísse dístico, só podiam aceder à entrada principal da Cidade do Rock para tomada e largada de passageiros.

2. Voluntários

– Uma equipa de cerca de 50 voluntários – 33 da SCML e 15 do Rock in Rio – estiveram disponíveis para dar assistência aos festivaleiros com deficiência ou com mobilidade reduzida;

– Os voluntários disponibilizaram apoio, tanto ao nível da alimentação/bebidas, como noutras necessidades emergentes.

3. Shuttle da Santa Casa

– Cedência de transportes de ida e volta para as pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida;

– O serviço era gratuito e funcionava de meia em meia hora a partir do Centro de Apoio Social de Lisboa, no número 64 da Rua do Açúcar;

– A chegada deste transporte era feita no estacionamento para indivíduos com deficiência ou com mobilidade reduzida, junto à entrada reservada para este efeito, no pórtico principal.

4. Interior do recinto do Rock in Rio

– Existência de duas plataformas da SCML com acesso para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida (PMR), uma junto ao Palco Mundo e outra junto ao Palco Vodafone, onde um acompanhante/PMR podia permanecer;

IMG_0891IMG_0919

– Todas as pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida tinham também acesso a uma fila prioritária na Roda Gigante, no entanto, apesar do percurso ser acessível até à roda, a entrada para esta só era possível com a ajuda de voluntários ou pessoas amigas;

– Transporte disponível dentro do recinto em carrinhos de golfe, exclusivos para pessoas com mobilidade reduzida (exceto em cadeira de rodas). O ponto de partida fazia-se no pórtico da entrada principal do recinto;

– Transporte disponível dentro do recinto em shuttle adaptado e exclusivo para pessoas em cadeira de rodas e o ponto de encontro era junto do hospital;

– Duas casas de banho acessíveis incorporadas nas plataformas;

IMG_0892IMG_0923

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: